Um Canal do Amor e da Sabedoria do Guru

Back to Schedule
Donate

Em 3 de agosto de 2017, nossa amada sanghamata e presidente Sri Mrinalini Mata deixou em paz este mundo e foi para o domínio eterno da bem-aventurança e da liberdade no Espírito. Luz guiadora de sabedoria, amor e compreensão para centenas de milhares de buscadores da verdade cuja vida foi transformada pelos ensinamentos de Paramahansa Yogananda, Sri Mrinalini Mata dedicou-se ao serviço da obra espiritual e humanitária do Guru por mais de 70 anos. Exemplo puro de devoção incondicional e serviço a nosso Guru e de profunda sintonia com a sabedoria e os ideais dele, essa alma elevada iluminou o caminho de inúmeros devotos em todo o mundo para que vivessem sempre na luz e no amor de Deus.

Escolhida e Treinada por Paramahansa Yogananda

Sri Mrinalini Mata será para sempre lembrada como uma das principais discípulas diretas de Paramahansaji. Ela estava no grupo seleto treinado pessoalmente por ele para levar adiante o trabalho da Self-Realization Fellowship/Yogoda Satsanga Society of India após a morte dele, e tornou-se a quarta presidente da SRF/YSS em 2011, sucedendo Sri Daya Mata, que ocupara esse cargo de 1955 até seu falecimento em 2010. Ela também serviu como chefe de redação das publicações da SRF/YSS, responsável pela publicação dos ensinamentos de Paramahansa Yogananda – um papel para o qual fora treinada pelo próprio Paramahansaji e que ela exerceu até o final da vida. Antes de assumir a presidência, Mrinalini Mata ocupou o cargo de vice-presidente da SRF por 45 anos, ajudando de perto Sri Daya Mata na orientação geral da ordem monástica da SRF/YSS e na supervisão das numerosas atividades e serviços que a organização realiza todos os anos.

Transmitindo a Luz Espiritual e a Sabedoria que Absorveu do Guru

Em cada papel que desempenhava no serviço à obra de Gurudeva Paramahansa Yogananda, Mrinalini Mataji era guiada pela sabedoria divina dos seus ensinamentos — que a permeavam totalmente — e pela lealdade e absoluta confiança nele. Devido ao treinamento pessoal que recebeu, ela estava idealmente qualificada para transmitir — tanto aos devotos monástivos quanto aos que vivem em família — os preceitos da vida espiritual, os elevados padrões e, ao mesmo tempo o amoroso encorajamento que o Guru oferecia a todos que eram sinceros na busca por Deus.

Spiritual Light And Wisdom

Muitos foram inspirados por suas palestras e escritos, por meio dos quais ela compartilhava suas experiências durante os anso passados na companhia de Gurudeva. Ela também foi fundamental na organização do programa de treinamento monástico nos ashrams de Paramahansaji, fornecendo aos que ingressavam na vida monástica um alicerce completo nos ideais dele e transmitindo-lhes o treinamento que ela mesma recebera.

Muitos anos atrás, quando ela era ainda adolescente, Paramahansaji comentou: “Um dia você terá muitos, muitos para treinar”. Embora naquela ocasião ela ficasse, compreensivelmente, assustada (pois era muito nova no caminho), através dos anos milhares foram abençoados pelo cumprimento da profecia de longo alcance do Guru. A membros monásticos e leigos, Mrinalini Mata dava o incentivo de que o paciente empenho – na própria meditação e nos esforços para mudar a si mesmo – é vital para o progresso espiritual, assim como o é a fé em Deus, no Guru e no divino potencial da alma. Com que frequência ela inspirou os devotos a perceber esse potencial ilimitado dentro deles mesmos e manifestá-lo em suas próprias vidas!

Ela disse: “Ninguém, senão você mesmo, fez de você o que é neste momento. Deus não interferiu no que você estava criando por livre vontade. E nenhum outro ser humano determinou o que você é. Você é, hoje, o que você mesmo criou com suas próprias ações, pensamentos, motivações e desejos, certos ou errados. E se nós fazemos o nosso destino, então também temos o poder de mudá-lo. Sri Yukteswarji disse: ‘Tudo vai melhorar no futuro se você estiver fazendo um esforço espiritual agora’. Se há um ponto, acima de todos os outros, que eu gostaria de enfatizar é o do esforço espiritual consciente – a recusa de qualquer imperfeição ou limitação na sua vida.”

Primeiros Anos e Encontrando o Caminho da SRF

Mrinalini Mata nasceu em 1931 em Wichita, Kansas. Conhecida em sua vida pré-monástica como Merna Brown, ela passou grande parte da juventude no sul da Califórnia. Descrita por outros como uma crinaça profundamente religiosa e tímida, a pequena Merna encontrou Paramahansaji no Templo da SRF em San Diego, quando tinha quatorze anos. Sua mãe começou a frequentar os serviços de Paramahansaji services no Tempo de San Diego depois que a filhas mais velha se tornou interessada nos ensinamentos do Guru, e teve várias entrevistas pessoais com ele. Paramahansaji interessou-se profundamente pela futura Mrinalini Mata antes mesmo de encontrá-la, e incentivou sua mãe a trazê-la para o tempo. Após vários pedidos, ela conseguiu convencer Mrinalini Mata a acompanhá-la a um dos serviços de domingo. Por um sentimento de lealdade à igreja na qual crescera, Mrinalini Mata relutava a frequentar os serviços de outra religião, mas afinal concordou em visitar o Templo da SRF depois que sua mãe explicou que os ensinamentos de Paramahansaji refletiam lindamente a mesma filosofia de Cristo.

Early Life And Finding The Srf Path

Com sua Bíblia debaixo do braço, a jovem determinada Merna entrou na capela do Templo da SRF de San Diego num dia de dezembro de 1945. Conforme contou, ao ver Paramahansa Yogananda pela primeira vez, foi permeada por um "enorme sentimento de paz" e uma sensação de "algo familar antigo."

Anos na Companhia de Paramahansa Yogananda

Paramahansaji imediatamente a reconheceu como alguém que, em anos vindouros, desempnharia um papel-chave em seu trabalho. Anos depois, pouco antes de seu falecimento, ele lhe falou sobre aquele primeiro encontro: “Sabe, quando você entrou naquele templo em San Diego e eu a vi pela primeira vez nesta vida, contemplei a história inteira do passado quando estivemos juntos, e vi o futuro. (…) Não tem sido nem um pouquinho diferente do que vi naquele dia.”

Years With Paramahansa Yogananda
Como uma jovem discípula no ashram da SRF

Pouco depois de conhecer Paramahansaji, a jovem Merna sentiu o chamado para dedicar a vida a Deus e ao Guru como renunciante na comunidade monástica da SRF. O Guru pediu que ela primeiro concluísse o ginásio. Depois, com a permissão dos pais, em 10 de junho de 1946, com 15 anos, ela veio morar no Eremitério da SRF em Encinitas, Califórnia, onde concluiu todo o estudo secundário enquanto recebia a orientação pessoal de Paramahansaji e o treinamento do ashram. Durante aqueles anos, Sri Gyanamata, discípula adiantada do Guru responsável pela direção do Eremitério, foi sua mentora e mãe espiritual muito querida e sua grande influência. (A própria mãe de Mrinalini Mata entrou no ashram dois anos depois e recebeu o nome de Mira Mata, após fazer os votos finais de sannyas.)

Plenamente consciente da excepcional maturidade espiritual dessa jovem discípula desde encarnações passadas, Paramahansaji conferiu-lhe pessoalmente os votos finais de sannyas em 1947, após ela estar no ashram por somente um ano. Ele escolheu para ela o nome monástico “Mrinalini”, que significa a pureza da flor de lótus, um antigo símbolo de desenvolvimento espiritual.

Seu Papel na Publicação dos Ensinamentos do Guru

Desde o começo da vida de Mrinalini Mata no ashram, o Guru falava a outros discípulos sobre o papel que planejava para ela – em especial, sua futura responsabilidade como redatora das Lições da Self-Realization Fellowship e de seus outros escritos e palestras. “Ela foi destinada a este trabalho”, disse ele numa carta manuscrita a Rajarsi Janakananda, em 1950. “Deus mostrou isto para mim quando vi pela primeira vez o espírito dela.”

Sri Daya Mata escreveu: “Gurudeva deixou claro para todos nós o papel para o qual estava preparando [Mrinalini Ma], dando-lhe instruções pessoais em cada aspecto de seus ensinamentos e em seus desejos para a preparação e a apresentação de seus escritos e palestras”.

Por meio da convivência diária nos anos seguintes até os últimos de sua vida, Paramahansaji dedicou íntima atenção ao treinamento espiritual de Mrinalini Mata, dando-lhe instruções pessoais sobre como revisar seus manuscritos e palestras para serem publicados depois de sua morte.

Her Role In Publishing The Guru’S Teachings
Lançamento do livro A Segunda Vinda de Cristo, com os comentários de Paramahansa Yogananda sobre os quatro Evangelhos, durante a Convocação da SRF em Los Angeles em 2004

Muitas obras de Paramahansa Yogananda foram publicadas sob a direção dela – inclusive em outros idiomas –, entre as quais a tradução e o comentário do O Bhagavad Gita, Deus Fala com Arjuna, muito aplaudido pela crítica; o comentário magistral dos Evangelhos, A Segunda Vinda de Cristo: A Ressurreição do Cristo Interior, vários volumes de poesia e escritos inspirativos; e mais de 150 palestras nas três antologias de sua Coletânea de Ensaios e Palestras.
Nós esperamos ansiosamente anunciar em um futuro próximo outras publicações que ela concluiu logo antes de seu falecimento.

Numerosas Visitas à Índia

Ao longo dos anos, Mrinalini Mata fez seis visitas à Índia para ajudar Sri Daya Mata no trabalho da Yogoda Satsanga Society de Paramahansa Yogananda e na orientação do seu crescimento. Ela passou muito tempo nos ashrams da YSS e fez palestras sobre os ensinamentos dele nas principais cidades daquele subcontinente. Suas palestras sobre uma variedade de assuntos, incluindo o relacionamento guru-discípulo, foram publicadas na revista Self-Realization, em livro e em gravações de áudio e vídeo.

Numerous Visits To India
Conferindo prêmios a alunos de destaque da escola da YSS em Ranchi, Índia, 1973

As cartas periódicas de aconselhamento e inspiração de Mrinalini Mata para os membros, juntamente com uma combinação singular de sabedoria profunda, compaixão e bom humor, mereceram-lhe a amorosa reverência e a profunda gratidão dos membros da SRF/YSS em todo o mundo.

A Permanente Inspiração do Legado de Sua Vida

Os membros da SRF/YSS e o mundo em geral serão para sempre abençoados pelo inestimável legado de sabedoria e verdade inspiradas por Deus – os ensinamentos de Paramahansa Yogananda – publicadas por Mrinalini Mata ao longo de muitas décadas de serviço altruísta e divina sintonia. Com o passar dos anos, sua enorme contribuição em cumprir os desejos do Guru será um monumento permanente de sua vida de realizações divinas, tanto internas quanto externas.

Sempre ancorada na consciência de Deus, Sri Mrinalini Mata ofereceu este conselho aos devotos:

“Qualquer pessoa que verdadeiramente experimentou ainda que um breve vislumbre de Deus nunca mais será a mesma – nunca mais poderá ficar, como antes, satisfeita com a consciência limitada deste mundo. Vocês não deixam de desfrutar o mundo ou seus prazeres sadios; dá-se apenas uma virada da consciência, do lado externo para o lado interno da realidade. Em vez de se identificarem com as formas e limitações físicas, os apegos e desejos, as preferências e aversões, as alegrias e tristezas, vocês veem toda a vida como expressão de Deus. Percebem que tudo é feito de Sua luz e consciência infinitas. Apreciam o amor e a companhia da família porque sentem fluindo, através de vocês, o amor divino que Ele lhes deu para amarem essa família. No amor que em troca recebem deles, vocês não sentem apenas emoção humana, egoísta, física e limitada, mas esse amor infinito do Ser Divino. Quando olham para uma rosa – ou para as miríades de coisas belas que Deus criou –, veem por trás da beleza daquelas pétalas a luz e a consciência infinitas do Criador que fez e sustenta essa beleza.

“Não importam as experiências por que passam externamente, ou que lições estão aprendendo com essas experiências, deixem que a consciência esteja sempre focalizada nessa única Realidade – a única coisa que nunca os desapontará, que nunca mudará, que é eterna: Deus e sua relação com Ele.”

The Lasting Inspiration Of Her Life’S Legacy
Satsanga com membros e simpatizantes da SRF durante a Convocação Mundial da SRF em Los Angeles, 2015

Possamos nós continuar a sentir a presença amorosa dela e ser guiados pelo conselho que ela dava para tentarmos sempre ancorar nossa consciência “nessa única Realidade que é eterna: Deus”.

Queiram juntar-se a nós quando nos unimos para enviar o amor e a gratidão de nossos corações à nossa amada Sri Mrinalini Mata. Que a vida dela, de serviço altruísta, amizade e lealdade, os inspire a “permitir que Deus e o Guru”, como ela aconselhava, “modelem sua vida de modo que expresse plenamente a imagem divina dentro de vocês”.

Compartilhe