logo For the best experience please turn your device to portrait view.

Um Amado Mestre Mundial

Conheça a história inspiradora da vida de Paramahansa Yogananda

Back to Schedule
Donate

Nos cem anos desde o nascimento de Paramahansa Yogananda, este amado mestre mundial passou a ser reconhecido como um dos maiores emissários da antiga sabedoria da Índia no Ocidente. Sua vida e seus ensinamentos continuam sendo uma fonte de inspiração e de luz para pessoas de todas as raças, culturas e credos. 

Primeiros Anos e Busca Espiritual

Paramahansa Yogananda cujo nome de família era Mukunda Lal Ghosh, nasceu no dia 5 de janeiro de 1893, em Gorakhpur (Índia), numa religiosa e próspera família bengali. Desde os primeiros anos, ficou evidente para aqueles ao seu redor que a profundidade de seus conhecimentos e de sua experiência em assuntos espirituais era muito além do comum.

Seus pais eram discípulos de Lahiri Mahasaya, o renomado mestre que contribuiu decisivamente para a reintrodução da Kriya Yoga na Índia moderna. Quando Yogananda ainda era uma criança nos braços de sua mãe, Lahiri Mahasaya o abençoou e fez a seguinte previsão: "Mãezinha, teu filho será um iogue. Como uma locomotiva espiritual, conduzirá muitas almas ao reino de Deus."

Na juventude Mukunda visitou muitos santos e sábios da Índia, esperando encontrar um mestre iluminado que o guiasse na busca espiritual. Em 1910, com 17 anos, encontrou o venerado Swami Sri Yukteswar Giri (à direita), e se tornou seu discípulo. A maior parte dos 10 anos seguintes, ele passou no eremitério desse grande mestre de Yoga, de quem recebeu disciplina rígida, mas amorosa.

Desde o primeiro encontro e em muitas ocasiões posteriores, Sri Yukteswar disse a seu jovem discípulo que ele havia sido escolhido para divulgar a antiga ciência da Kriya Yoga nos Estados Unidos e no mundo.

Em 1915, após receber o diploma da Universidade de Calcutá, Mukunda fez os votos formais como monge da venerável Ordem Monástica dos Swamis da Índia. Então recebeu o nome de Yogananda (que significa bem-aventurança suprema, ananda, através da união divina, Yoga). Assim foi satisfeito seu ardente desejo de consagrar a vida a amar e servir a Deus.

Início da Missão Mundial

Yogananda iniciou a obra a que consagrou sua vida com a fundação, em 1917, de uma escola para meninos, cujo programa educacional, baseado em seus princípios sobre a arte de viver, combinava métodos educativos modernos com a disciplina iogue e a formação de ideais espirituais. O marajá de Kasimbazar ofereceu seu palácio de verão, situado em Ranchi (a 320 km de Calcutá), para sediar a escola. Alguns anos depois, quando Mahatma Gandhi visitou a escola, escreveu: “Esta instituição deixou profunda impressão em minha mente.”

Py Ranchi School 1918
Alunos e professores da escola da “Arte de Viver”, fundada por Yogananda (centro, à direita) em Ranchi, 1918


Certo dia em 1920, enquanto meditava na escola de Ranchi, Yogananda teve uma visão divina lhe mostrando que o momento de começar o trabalho no Ocidente havia chegado. Ele foi imediatamente para Calcutá e no dia seguinte recebeu um convite para representar a Índia no Congresso Internacional de Religiosos Liberais, que ocorreria naquele ano em Boston. Sri Yukteswar confirmou a oportunidade do momento: “Todas as portas estão abertas. É agora ou nunca.”

Pouco antes de partir, Yogananda recebeu a visita de Mahavatar Babaji, o mestre imortal que trouxe para a era atual a antiga ciência da Kriya Yoga. Babaji lhe disse: “Foi você quem eu escolhi para difundir a mensagem da Kriya Yoga no Ocidente. Há muito tempo, encontrei seu guru Yukteswar num Kumbha Mela e lhe disse então que o enviaria para treinamento. Kriya Yoga, a técnica científica de realização divina, terminará por difundir-se em todas as terras e ajudará a harmonizar as nações por meio da percepção pessoal e transcendente que o ser humano terá do Pai Infinito.”

O jovem swami chegou a Boston em setembro de 1920. Sua primeira palestra na abertura do Congresso Internacional de Religiosos Liberais teve como tema “A Ciência da Religião” e foi recebida com muito entusiasmo. No mesmo ano, Yogananda fundou a Self-Realization Fellowship para difundir pelo mundo os ensinamentos da milenar ciência e filosofia da Yoga e a imemorial tradição da prática da meditação provenientes da Índia. O primeiro centro de meditação da SRF foi estabelecido em Boston, com a ajuda do Dr. M. W. Lewis e sua esposa e da Sra. Alice Hasey (Irmã Yogmata), que se tornaram discípulos de Yogananda e assim permaneceram até o fim da vida.


Copy Of 1920 Py 2008 04 C
Alguns dos delegados do Congresso Internacional de Liberais Religiosos ocorrido em outubro de 1920, em Boston, Massachusetts, no qual Yoganandaji (segundo da direita para a esquerda) fez sua palestra de estreia nos Estados Unidos.

Nos anos seguintes, Yogananda fez conferências e deu aulas na costa leste dos Estados Unidos e em 1924 fez uma série de palestras por todo o país. Quando chegou a Los Angeles no início de 1925, ali estabeleceu, no topo de Mount Washington, a Sede Internacional da Self-Realization Fellowship, que passou a ser o coração espiritual e administrativo de sua crescente obra.

Py Biography Beloved Teacher Beginning Of The World Mission

Pioneiro da Yoga no Ocidente

Entre 1924 e 1935, Yogananda viajou extensamente pelos Estados Unidos, fazendo inúmeras conferências para públicos que lotaram os maiores auditórios do país, do Carnegie Hall ao Philharmonic Auditorium de Los Angeles. O Los Angeles Times noticiou no dia 28 de janeiro de 1925: “O Philharmonic Auditorium apresenta o extraordinário espetáculo de milhares de pessoas (...), informadas uma hora antes do início da conferência de que não poderiam entrar, pois a sala de três mil lugares já estava lotada.”

Py A Pioneer Of Yoga In The West 4

Yogananda dava ênfase especial à unidade que há entre as grandes religiões do mundo e ensinava métodos – que todos podiam praticar – para alcançar a experiência pessoal e direta de Deus. Aos estudantes que seguiam seus ensinamentos com seriedade ele revelava as técnicas para despertar a alma, a ciência da Kriya Yoga. Nesta técnica ele iniciou mais de 100.000 pessoas nos 30 anos em que viveu no Ocidente.

Alguns de seus estudantes foram figuras proeminentes no campo científico, empresarial ou artístico: o horticultor Luther Burbank, a soprano Amelita Galli-Curci, Georg Eastman (o inventor da câmera fotográfica Kodak), o poeta Edwin Markham e o maestro Leopold Stokowski. Em 1927, Yogananda foi recebido na Casa Branca pelo então presidente Calvin Coolidge, que se interessou por suas atividades ao ler reportagens nos jornais. 

Em 1929, Yogananda foi ao México e nos dois meses em que permaneceu no país plantou as sementes para o futuro desenvolvimento de sua obra na América Latina. Foi calorosamente recebido pelo então presidente, o Dr. Emilio Portes Gil, que se converteu em admirador dos ensinamentos de Paramahansa Yogananda até o fim da vida.

Py A Pioneer Of Yoga In The West 5
Luther Burbank e Paramahansa Yogananda, 1924.
Py Biography A Pioneer Of Yoga In The West
Sua Excelência Emilio Portes Gil, presidente do México, e Sri Yogananda, Cidade do México, 1929.

O Encontro com os Principais Discípulos

Em meados da década de 1930, Paramahansaji já tinha encontrado alguns dos primeiros discípulos que o ajudariam a construir a obra da Self-Realization Fellowship e levar adiante a missão da Kriya Yoga quando ele partisse. Dentre esses discípulos havia duas pessoas que ele designou como seus sucessores espirituais e presidentes da SRF: Rajarsi Janakananda (James J. Lynn), que conheceu o Guru em Kansas City em 1932, e Sri Daya Mata, que havia assistido às aulas por ele dadas em Salt Lake City no ano anterior.

Py A Pioneer Of Yoga In The West 3
Paramahansa Yogananda com Sri Daya Mata no Eremitério de Encinitas, 1939
Py A Pioneer Of Yoga In The West 2
Paramahansa Yogananda e James J. Lynn, posteriormente Sri Rajarsi Janakananda, na Sede Central da SRF-YSS, Los Angeles, 1933

Outros discípulos que frequentaram seus programas de palestras durante as décadas de 1920 e 30, e que se ofereceram para dedicar suas vidas à obra da SRF foram: Dr. M. W. Lewis e sua esposa, que o encontraram em Boston no ano de 1920; Gyanamata (Seattle, 1924); Tara Mata (São Francisco, 1924); Durga Mata (Detroit, 1929); Ananda Mata (Salt Lake City, 1931); Sraddha Mata (Tacoma, 1933); e Sailasuta Mata (Santa Bárbara, 1933).

Desse modo, durante muitos anos após o falecimento de Yogananda, e até os dias atuais, a Self-Realization Fellowship tem sido dirigida por discípulos que receberam pessoalmente o treinamento espiritual de Paramahansa Yogananda.

As palestras e aulas de Yogananda durante os primeiros anos de seu ministério foram registradas apenas de maneira intermitente. Entretanto, quando Sri Daya Mata (que mais tarde se tornou presidente da sua organização de âmbito mundial) ingressou no ashram em 1931, ela assumiu a sagrada tarefa de registrar dedicadamente as centenas de palestras, aulas e conversas informais de Yogananda, para que sua sabedoria e inspiração fossem preservadas em seu poder e pureza originais, e publicadas pela Self-Realization Fellowship para as gerações futuras.


Regresso à Índia

Em 1935, Yogananda voltou à Índia para uma última visita ao seu grande guru (à direita) (Sri Yukteswar faleceu em 9 de março de 1936). Viajando de navio e automóvel pela Europa, Palestina e Egito, ele chegou a Bombaim no verão de 1935.


Py Return To India 2
Sri Yukteswar e Yoganandaji, Calcutá, 1935

Durante o ano em que passou em seu país natal, ele deu aulas e iniciações em Kriya Yoga em várias cidades do subcontinente. Além disso, teve a satisfação de se encontrar com Mahatma Gandhi, que pediu para ser iniciado em Kriya Yoga; também se encontrou com Sir C.V. Raman, prêmio Nobel em Física, e com algumas das figuras espirituais mais famosas da Índia, como Ramana Maharshi e Anandamoyi Ma.

Nessa época, Sri Yukteswar lhe concedeu o título espiritual mais elevado da Índia: paramahansa; literalmente, “cisne supremo” (símbolo de discernimento espiritual). O título significa que seu portador alcançou o nível mais elevado de união com Deus.

Py Return To India
Sri Yogananda e Mahatma Gandhi, Wardha, 1935.

Durante sua estada na Índia, Yogananda também estabeleceu firmemente as bases da sua obra naquele país, a Yogoda Satsanga Society of India. Desde sua sede às margens do rio Ganges em Dakshineswar (abaixo à esquerda) perto de Calcutá e do ashram original de Ranchi, a sociedade continua a prosperar até  hoje – com escolas, ashrams, centros de meditação e obras de caridade em toda a Índia.

Py Return To India 3

No final de 1936, Yogananda voltou aos Estados Unidos, onde permaneceu até o fim da vida.

Estabelecendo um Alicerce Espiritual

Na década de 1930, Paramahansa Yogananda começou a reduzir o número de palestras públicas em todo o país, para se dedicar a escrever as obras que transmitiriam sua mensagem para as gerações futuras e a estabelecer uma base duradoura para a obra espiritual e humanitária da Self-Realization Fellowship/Yogoda Satsanga Society of India.

Sob sua direção, as orientações e instruções que ele dava pessoalmente aos estudantes foram recompiladas nas Lições da Self-Realization Fellowship, uma abrangente série de lições para estudo em casa. Assim como na época de Yogananda, as Lições estão disponíveis atualmente mediante subscrição.

Py A Spiritual Foundation 3

Um lindo eremitério com vista para o Oceano Pacífico em Encinitas, Califórnia, foi construído para o Guru durante sua estada na Índia pelo seu amado discípulo Rajarsi Janakananda. Ali, Yogananda passou muitos anos trabalhando em sua autobiografia e outros escritos e começou o programa de retiros da SRF que continua até hoje.

Py A Spiritual Foundation 1

Ele também fundou vários templos da Self-Realization Fellowship (Encinitas, Hollywood e San Diego), onde falava regularmente sobre grande variedade de temas espirituais para um dedicado público de membros e amigos da SRF. Muitas palestras foram taquigrafadas por Sri Daya Mata e publicadas pela SRF em três volumes de Palestras e ensaios de Paramahansa Yogananda e na revista Self-Realization.

O relato da vida de Yogananda, Autobiografia de um Iogue, foi publicado em 1946 (e significativamente ampliado por ele em edições posteriores). Um best-seller perene, o livro tem sido editado ininterruptamente desde a primeira edição e já foi traduzido em inúmeros idiomas. A obra é mundialmente considerada um clássico da moderna literatura espiritual.

Em 1950, Paramahansaji realizou a primeira Convocação mundial da Self-Realization Fellowship na sede internacional, em Los Angeles. Um evento de uma semana, que a cada ano, atrai milhares de pessoas de todo o mundo. Ele também inaugurou o lindo “Santuário do Lago” da SRF em Pacific Palisades, em cujos jardins de meditação – cerca de quatro hectares às margens do lago – está parte das cinzas de Mahatma Gandhi. O santuário passou a ser um dos pontos de referência espiritual mais importantes da Califórnia.

Py A Spiritual Foundation

Últimos Anos e Mahasamadhi

Paramahansa Yogananda passou em relativo isolamento a maior parte dos últimos anos de sua vida, trabalhando intensamente para completar seus escritos – entre os quais se encontravam os volumosos comentários do Bhagavad Gita e dos ensinamentos de Jesus Cristo nos quatro evangelhos. Também revisou obras anteriores, como Whispers from Eternity (“Sussurros da Eternidade”e as Lições da Self-Realization Fellowship. Ele trabalhou muito com Sri Daya Mata, Mrinalini Mata e outros discípulos mais próximos, transmitindo orientações espirituais e administrativas que os habilitariam a continuar a obra no mundo todo depois que ele partisse.

Ele disse:

Meu corpo passará, mas minha obra continuará e meu espírito continuará vivo. Mesmo quando eu não estiver mais aqui, trabalharei junto com vocês para libertar o mundo pela mensagem de DeusOs que vierem até a Self-Realization Fellowship sinceramente buscando ajuda espiritual vão recebê-la de Deus. Venham agora, enquanto ainda estou neste corpo, ou depois, quando eu já o tiver abandonado, o poder de Deus fluirá igualmente até os devotos através da linha de sucessão de Gurus da SRF e será a causa de sua salvação. (...) O imortal Babaji prometeu velar pelo progresso de todos os devotos sinceros da SRF. Lahiri Mahasaya e Sri Yukteswarji, que já abandonaram a forma física, e eu mesmo, depois de abandonar meu corpo, protegeremos e guiaremos eternamente os membros sinceros da SRF-YSS.”

No dia 7 de março de 1952, o grande Guru entrou em mahasamadhi (abandono consciente do corpo no momento da morte, realizado de forma voluntária e consciente por um mestre iluminado). Ele acabava de pronunciar um breve discurso num banquete no Hotel Biltmore em Los Angeles em homenagem ao Dr. Binay R. Sen, embaixador da Índia nos Estados Unidos.

Seu falecimento foi marcado por um fato extraordinário. O diretor do cemitério Forest Lawn Memorial-Park lavrou um documento em cartório, no qual declarou: “Vinte dias depois do falecimento não se via nenhuma desintegração física em seu corpo. Este estado de perfeita conservação do corpo, até onde podemos acessar os anais deste cemitério, é um caso inédito. (...) O corpo de Yogananda aparentemente estava em estado de extraordinária imutabilidade.” Anos antes, o guru de Paramahansa Yogananda, Swami Sri Yukteswar, referia-se a ele como uma encarnação do amor divino. Mais tarde Rajarsi Janakananda, discípulo e primeiro sucessor espiritual de Yogananda, conferiu-lhe apropriadamente o título de Premavatar ou “Encarnação do Amor Divino.”

Por ocasião do 25º aniversário do mahasamadhi de Paramahansa Yogananda, suas extensas contribuições para a elevação da humanidade receberam reconhecimento formal por parte do governo indiano, que em sua homenagem lançou um selo postal comemorativo. Junto com o selo foi lançado um folheto, onde se lê, como parte do texto:

“Os ideais do amor por Deus e de serviço à humanidade manifestaram-se plenamente na vida de Paramahansa Yogananda. (...) Embora tenha passado fora da Índia a maior parte de sua vida, seu lugar é entre os nossos grandes santos. Sua obra continua a crescer e a luzir cada vez mais, sempre com maior brilho, levando pessoas de todos os recantos para o caminho da peregrinação em busca do Espírito.”

Em 2017, Sri Narendra Modi, Ilustre Primeiro Ministro da Índia, homenageou Paramahansaji durante uma cerimônia especial em Nova Delhi, no dia 7 de março, na qual o Governo da Índia lançou um novo selo em comemoração do 100º aniversário da Yogoda Satsanga Society. A data foi escolhida em honra do aniversário de mahasamadhi de Paramahansaji. 

Em seu inspirado discurso, o Primeiro Ministro Modi descreveu Paramahansaji como um dos maiores iogues e mestres da Índia – cuja vida e obra demonstraram para o mundo o extraordinário valor da espiritualidade da Índia – e elogiou a YSS pelo sucesso em preservar o legado e o espírito de seu fundador, compartilhando com o mundo moderno a antiga herança da Índia.

Em 2014, um premiado documentário sobre a vida e a obra de Paramahansa Yogananda, Awake: A Vida de Yogananda, foi lançado nos cinemas e desde então é exibido a audiências entusiásticas em todo o mundo.

Srf Ai P 5207 24 043

Share this on