A Universalidade da Yoga

Uma benção espiritual para a humanidade em geral.

Back to Schedule
Donate

O presidente e líder espiritual da Self-Realization Fellowship, Irmão Chidananda, ao falar na Índia em 2017, disse: “Por milênios a Índia tem sido a guardiã da verdade espiritual mais elevada para toda a humanidade. E foi a missão especial de Paramahansaji trazer o melhor da Índia, em primeiro lugar para o Ocidente e depois para o mundo, inclusive de volta à sua amada Índia. Ele retornou às eras mais elevadas, a idade de ouro da elevada civilização da Índia, e trouxe a essência da espiritualidade universal da Índia em sua forma pura. Isso é Yoga. É uma ciência, não uma denominação ou seita religiosa, e por causa disso, sua missão espiritual – a luz da Yoga – pode ser uma bênção espiritual verdadeiramente mundial para a humanidade em geral.”

Paramahansa Yogananda salientava frequentemente que não é necessário ser de uma nacionalidade, raça ou religião específica para praticar Yoga e receber seus sublimes benefícios. Sua verdadeira universalidade como ciência reside no fato de que seus resultados podem ser obtidos por qualquer pessoa de qualquer nação, do Oriente ou do Ocidente.

Através da prática constante da meditação iogue, todos podemos experimentar um profundo sentimento de alegria, amor, compaixão, paz. E à medida que essas mudanças acontecem dentro de nós mesmos, sua influência também se espalha externamente, por uma lei invisível, primeiro para nossa família e nossa comunidade mais próximas, e depois para o mundo todo. Como Paramahansaji disse: "Reforme a si mesmo, e reformará milhares".

Um grande benefício da Yoga é que o meditador desenvolve um senso de unidade com toda a humanidade. Independentemente das crenças espirituais de cada um, ou da falta delas, quem quer que pratique a ciência da Yoga acabará por perceber que o Divino está em tudo – e em todos.

Corações e mentes imbuídos de tal universalidade é realmente a grande necessidade de nossos tempos, quando nosso mundo se tornou exponencialmente menor como resultado dos avanços tecnológicos, colocando-nos muito próximos. Durante uma entrevista em 1951, foi pedido a Paramahansaji que resumisse sua mensagem ao mundo. Ele falou da necessidade fundamental da humanidade em reconhecer sua unidade essencial – palavras proféticas que são tão vitais hoje, ou mais ainda, do que quando ele as pronunciou pela primeira vez:

“Meus irmãos e irmãs do mundo: Lembrem-se de que Deus é nosso Pai e Ele é Um. Somos todos Seus filhos e por isso devemos usar meios construtivos para nos ajudar mutuamente a sermos cidadãos ideais dos Estados Unidos do Mundo - física, mental, financeira e espiritualmente. Se numa comunidade de mil pessoas cada uma tenta enriquecer às custas do próximo – com roubo, guerra e estelionato –, ela terá 999 inimigos. Por outro lado, se cada pessoa coopera com o próximo - física, mental, econômica e espiritualmente – terá 999 amigos. Se todas as nações se ajudassem mutuamente com amor, o mundo inteiro viveria em paz, com amplas oportunidades para promover o bem-estar de todos."

"A mídia, tal como o rádio e a televisão, e também as viagens aéreas fizeram com que nos aproximássemos uns dos outros como nunca antes. Precisamos aprender que não pode mais ser a Ásia só para os asiáticos, a Europa só para os europeus, a América só para os americanos e assim por diante, mas sim os Estados Unidos do Mundo, sob a regência de Deus, onde cada ser humano seja um cidadão ideal da Terra e desfrute de todas as oportunidades de realização no corpo, na mente e na alma."

"Esta seria a minha mensagem, meu apelo, para o mundo." Os "meios construtivos" mais impactantes para ajudar um ao outro a crescer como cidadãos ideais do mundo em corpo, mente e alma podem ser encontrados na ciência universal do Yoga.

Compartilhe