Self-Realization Fellowship Blog

2020 - Mensagem de Páscoa de Irmão Chidananda

31 março, 2020

Páscoa de 2020

Hidden Truths Of The Scriptures Gospels Jesus Christ

“Ó Espírito, ordena à minha alma que se levante do sepulcro da pequenez para a vastidão de Tua onipresença. Eleva sua consciência encerrada na matéria, conduzindo-a para a liberdade onipresente em Ti.”

Paramahansa Yogananda


Sinceros votos de uma Páscoa abençoada para vocês e todos os membros e amigos da família espiritual de Paramahansa Yogananda! Os monges e monjas em seus ashrams se unem a mim em oração para que a Consciência Crística que tudo permeia, infinitamente amorosa, manifestada de modo tão perfeito no Senhor Jesus, desperte também dentro de vocês. Que a vida divina e a gloriosa ressurreição de Jesus lhes tragam a certeza de que o amor de Deus e a luz invencível da bondade são também parte de nossa natureza. Que esse amor e bondade ressuscitem plenamente em nossa vida, contribuindo assim para uma luz de renovada esperança e força durante estes tempos incertos.

O conflito entre a luz e as trevas, o amor e o ódio, sempre esteve presente neste mundo de maya; mas isso não precisa nos intimidar ou desencorajar. A vitória completa de Jesus sobre todas as limitações mortais não se destinava a diferenciá-lo de nós, mas a nos oferecer um exemplo para a nossa própria ressurreição. O triunfo dele foi o resultado de muitas vitórias interiores; de modo semelhante, cada dia nos traz mais oportunidades de nos libertarmos das ilusões de maya – de utilizarmos nossa vontade para assumir o comando de nossa vida, em vez de sermos governados por hábitos, tentações ou emoções prejudiciais. Jesus exerceu esse poder e autocontrole. Ele era corajoso ao defender princípios, mas ninguém podia despertar nele a ira. Nós também podemos escolher a maneira de reagir às pessoas e situações – não com a mesquinha resposta do ego, mas com o entendimento mais amplo da alma. Um maravilhoso sentimento de liberdade surge quando dizemos “não” a qualquer hábito de nossa natureza inferior; ou quando, em vez de carregar um fardo de ressentimento quando o ego foi ofendido, escolhemos perdoar. Quando as cruzes surgem em nossa vida, se – em vez de nos ressentirmos contra elas – confiamos em Deus com o coração e a mente receptivos, elas podem se tornar degraus para o crescimento e a liberdade da alma. E o exemplo de Cristo nos incentiva de modo especial a ressuscitar dentro de nós as qualidades divinas do amor e do entendimento. Assim como Deus olha para além de nossas falhas humanas e vê nosso verdadeiro Eu, a alma, também podemos procurar ver o bem na família, nos amigos e em todos com quem interagimos. Dessa maneira, expandimos nossa própria consciência e promovemos um espírito de respeito em todos os nossos relacionamentos.

Lembrem-se de que a meditação é o meio mais poderoso para reivindicar a divindade de sua alma. Foi pela comunhão direta com a própria fonte do amor que Jesus encontrou a força para amar tão incondicionalmente. À medida que também entrarem no silêncio sagrado da alma e sentirem o toque desse amor crístico em que Jesus vivia, vocês igualmente se tornarão um canal para a compreensão e a compaixão que ele sentia por todas as almas como partes dele mesmo. Nosso Guru nos recordava: “Não pense que é pequena a contribuição feita por sua consciência espiritualizada. Sua parte pode significar muito!” Por meio de cada esforço que fazem para meditar e viver de acordo com as leis divinas do amor e da verdade, sua consciência é purificada, e a presença de Cristo em seu interior irradia uma influência de inspiração e harmonia no mundo.

Uma alegre Páscoa para vocês e aos que lhes são caros,

Irmão Chidananda

 

Compartilhe

Mais do Blog SRF
Oct 29 Brother Achalananda Cultivating Deeper Faith For Website

janeiro 15, 2021

A Self-Realization Fellowship Anuncia Mudanças no Conselho Diretor

Leia mais
2020 Convo Photo 12

janeiro 04, 2021

Convocação Mundial 2021 da SRF – Atualização

Leia mais
Chd 2002 398 01 Crop For Blog Landing

dezembro 30, 2020

Mensagem de Ano Novo de Irmão Chidananda, 2020

Leia mais