Comentários e Resenhas Importantes

O que faz da Autobiografia de um Iogue um clássico espiritual imortal?

Back to Schedule
Donate

    Comentários sobre a Autobiografia de um Iogue

    "Como relato de uma testemunha ocular das extraordinárias vidas e poderes dos santos hindus modernos, o livro tem, simultaneamente, valor oportuno e intemporal. (…) Seu invulgar documento biográfico é certamente uma das maiores revelações até hoje publicadas no Ocidente sobre (…) a riqueza espiritual da Índia."

    — W.  Y. Evans-Wentz, M.A., D.Litt., D.Sc., 

    Célebre erudito e autor de vários livros sobre religiões orientais


    " Estou agradecido ao senhor por ter me proporcionado um vislumbre deste mundo fascinante."

    — Thomas Mann, 

    Prêmio Nobel


    " Pouquíssimos livros causaram mais impacto na teologia popular do que a Autobiografia de um Iogue de Paramahansa Yogananda."

    — Phyllis A. Tickle, 

    Autor de God-Talk in America


    "Na célebre Autobiografia de um Iogue [de Yogananda], ele oferece uma impressionante descrição da ‘consciência cósmica’ alcançada nos níveis superiores da prática iogue, bem como perspectivas variadas e interessantes da natureza humana sob o ponto de vista da Yoga e dos Vedas."

    — Robert S. Ellwood, Ph.D., 

    Decano da Faculdade de Religião, Universidade do Sul da Califórnia


    " Elogiada com justiça como uma das obras espirituais mais interessantes e esclarecedoras que já foram escritas."

    — Tom Butler-Bowdon, 

    Autor de 50 Spiritual Classics: Timeless Wisdom from 50 Great Books of Inner Discovery, Enlightenment & Purpose


    "Um dos relatos biográficos mais encantadores, simples e reveladores (...) um autêntico tesouro de conhecimentos. As grandes personalidades que encontramos nestas páginas (...) voltam à nossa lembrança como amigos dotados de vasta sabedoria espiritual e um dos maiores é o próprio autor, um ser cheio de embriaguez divina."

    — Dr. Anna von Helmholtz-Phelan, 

    Professora de Inglês, Universidade de Minnesota


    "Década após década a Autobiografia de um Iogue é um dos livros que mais vendemos. Outros livros são relegados ao esquecimento depois de algum tempo, mas este perdura, porque a investigação crítica ao longo dos anos demonstrou que de modo comovente e sublime ele abre o caminho para a realização espiritual."

    — Bodhi Tree Bookstore, Los Angeles


    "Mantenho exemplares da Autobiografia de um Iogue espalhados pela casa e constantemente a dou de presente a pessoas que precisam mudar de vida. Eu digo: Leia isto, porque este livro toca o coração de todas as religiões."

    — George Harrison


    " Li a Autobiografia de um Iogue pela primeira vez nos anos de 1970. (...) Esta obra me iniciou no caminho da Yoga, da meditação e da investigação interior, caminho que continuo trilhando até hoje."

    — Jack Canfield, 

    Coautor da série Chicken Soup for the Soul®


    "A Autobiografia de um Iogue é considerada como um Upanishad da nova era. (...) Aplacou a sede espiritual de milhares de buscadores da verdade em todo o mundo. Na Índia, observamos fascinados e maravilhados a fenomenal difusão da popularidade deste livro sobre filosofia e santos indianos. Sentimos grande satisfação e grande orgulho no fato de o néctar imortal do Sanatana Dharma da Índia, as eternas leis da verdade, ter sido preservado no cálice de ouro da Autobiografia de um Iogue."

    — Dr. Ashutosh Das, M.A., Ph.D., D.Litt., 

    Professor, Universidade de Calcutá


    "Há grande número de livros em línguas ocidentais que explanam a filosofia indiana, especialmente a Yoga, mas nenhum revela de modo mais autêntico as experiências de um ser humano que vive e personifica esses princípios."

    — Dr. Kurt F. Leidecker, 

    Professor de Filosofia da Universidade da Virginia


    "Encontrei Paramahansa Yogananda em duas ocasiões na década de 1930 – eu era um menino. (...) Vinte anos depois alguém me deu de presente um exemplar da Autobiografia de um Iogue. (...) A partir do momento em que comecei a ler, senti seu impacto. (...) Já li muitos livros sobre Yoga escritos por iogues, mas nenhum me causou impressão tão favorável quando este. Ele é realmente mágico."

    — Ravi Shankar, 

    Intérprete e compositor de música clássica indiana


    "A Autobiografia de um Iogue de Paramahansa Yogananda é o livro que eu mais queria ter escrito, pois então teria vivido todas as fantásticas experiências que ele descreve sobre sua infância e juventude na Índia do início do século passado. Quem não gostaria de ter conhecido pessoalmente santos e gurus autênticos?"

    — Andrew Weil, M.D., 

    Especialista e autor de Eight Weeks to Optimum Health


    "Para quem se interessa em aprender filosofia oriental e técnicas de meditação, (...) um livro que enriqueceu minha vida imensamente e que continua sendo o preferido de muitos milhares de pessoas [é] a Autobiografia de um Iogue. (...) Paramahansa Yogananda foi um escritor produtivo e um monge sumamente devocional; sua autobiografia é um dos livros mais cativantes que se pode adquirir atualmente."

    — Cate Tuttle, 

    San Diego Union-Tribune

    Resenhas da imprensa americana

    "Um raro relato."

    — The New York Times


    "Um estudo fascinante, comentado com clareza."

    — Newsweek


    "Em estilo muito legível (...) Yogananda apresenta um caso convincente a favor da Yoga, e os que ‘vieram para zombar’ talvez ‘fiquem para orar’."

    — San Francisco Chronicle


    "Revelação pura (...) relato intensamente humano (...) deve ajudar a raça humana a compreender-se melhor (...) uma autobiografia no melhor sentido (...) arrebatadora (...) contada com deliciosa sagacidade e com irresistível sinceridade (...) tão fascinante quanto qualquer romance."

    — News-Sentinel, Fort Wayne, Indiana


    "Dentre os milhares de livros publicados todos os anos, há os que entretêm, os que instruem e os que incentivam à virtude. O leitor pode se considerar afortunado se encontrar no mesmo livro estas três qualidades juntas. A Autobiografia de um Iogue é um caso ainda mais excepcional: é um livro que, além de tudo isso, abre as portas da mente e do espírito."

    — India Journal


    "Sejam quais forem suas crenças religiosas, você encontrará na Autobiografia de um Iogue uma jubilosa afirmação do poder da alma humana."

    — West Coast Review of Books


    "(...) não deixará de impressionar e interessar os leitores ocidentais."

    — Saturday Review


    "Jamais houve, escrito em inglês ou em qualquer outra língua europeia, algo como esta apresentação da Yoga."

    — Columbia University Press


    "A leitura deste livro é uma experiência gratificante, pois permite conhecer uma vida plena de aventuras espirituais."

    — United Press


    "Finalmente uma descrição não contraditória e intuitivamente convincente do universo, abrangendo desde os mundos que giram no espaço até o mais ínfimo detalhe da vida humana."

    — Runner's World


    "Envolvente, inspirador, uma ‘literaridade’!"

    — Grandy's Syndicated Book Reviews

    Imprensa Mundial

    "Um livro verdadeiramente assombroso."

    Naturheil-Praxis, Alemanha


    "(...) fragmentos de uma sabedoria tão profunda que ficamos fascinados, permanentemente comovidos."

    — Haagsche Post, Holanda


    "Dificilmente o leitor atual encontrará um livro tão belo, profundo e verdadeiro como a Autobiografia de um Iogue. (...) Pleno de conhecimento e rico em experiências pessoais. "

    — La Paz, Bolivia


    "O conteúdo do livro é incomum (...) especialmente para o cristão contemporâneo, que tem o cômodo hábito de relegar milagres aos séculos passados. (...) As passagens filosóficas são extremamente interessantes. Yogananda situa-se num plano espiritual que está acima das diferenças religiosas. (...) O livro vale muito ser lido."

    — China Weekly Review, Xangai


    "(…) Uma obra monumental.""

    — Sheffield Telegraph, Inglaterra


    "Uma das mensagens mais profundas e mais importantes deste século."

    — Neue Telta Zeitung, Áustria


    "Não importa se Yogananda fala sobre santos imortais e curas milagrosas, ou se transmite a sabedoria da Índia e a ciência da Yoga, o leitor se sente cativado."

    — Die Weltwoche, Zurique, Suíça


    "Páginas que encantarão o leitor, porque apelam às aspirações e anseios latentes no coração de todos os homens."

    — Il Tempo del Lunedì, Roma


    "É o que se pode chamar de livro inspirado."

    — Eleftheria, Grécia


    "É preciso creditar a esta importante biografia o poder de deflagrar uma revolução espiritual."

    — Schleswig-Holsteinische Tagespost, Alemanha


    "Lemos a autobiografia deste sábio com verdadeira fascinação."

    — The Times of India

    Compartilhe